Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Indulgência de felicidade

Caçamos, procuramos, investigamos onde encontrar a felicidade, por vezes em bens materiais, carros, motos, roupas ou mesmo em viagens a paradisíacos lugares, inicialmente sonhando com  publicidades compartilhadas nas redes sociais, marcamos os amigos e os conhecidos, sonhamos e desejamos, decididos, a experimentar uma fração do que já parece sê-la.

E, de repente, quando lá chegamos e alcançamos o que até pensávamos não conseguir alcançar, estranho, descobrimos que tudo o que agora vemos ou temos, tudo aquilo, ao vivo, em pessoa ou objeto, desperta uma emoção tão vazia e passageira, que nem parece estender-se muito mais do que aquela do momento em que a vontade nascera; dura tão pouco quanto uma curtida, um elogio ou menos, e tantas vezes se torna, na realidade, uma indulgência de felicidade num álbum de fotos que um dia como felicidade encontrada exibiremos.

É quando, por fim, perceberemos que parece nos ter sido imposto que a felicidade residia no estar ou no ter quando, na verdade, ela se encontra no ser. Porque tantas vezes, um filme ou uma série dentro de casa, um passeio no parque com a pessoa certa ou mesmo uma praia em nosso país (chegando num carro popular financiado), em estado de verdadeira felicidade, vale muito mais que um Natal em Paris.
Saulo Pessato
Enviado por Saulo Pessato em 24/06/2017
Reeditado em 24/06/2017
Código do texto: T6035894
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.

Comentários

Sobre o autor
Saulo Pessato
Campinas - São Paulo - Brasil
2834 textos (65476 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/01/20 09:44)
Saulo Pessato