Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
                     
 


A minha alma chorou


Quando minha alma chorou foi rompido o que supus impossível
A minha alma chorou quando você traiu minha confiança
Confiança é o sentimento mais raro entre todas as espécies vivas
Alma é a anima, aquilo que é a essência, que promove e mantém o ser vivo
Tocar no sopro que permite a vida é impensável, insondável para a mente humana
Você não pode saber como fez, nem por mero acaso da sua ingenuidade genuína
Seu intelecto não está à altura de algo tão sofisticado, mas fez e consciente!
Premeditou passos, palavras, gestos, armou a cilada e caí no seu abismo obscuro
Imediatamente você se fantasiou de vítima... Vítima???
Se você tivesse tentado qualquer saída ou entrada eu entenderia
Mesmo abominando a covardia, aceitei a sua desde sempre, sabemos que é fato
Não sei o que vem a ser mais degradante após a covardia e nem quero saber
Você nem tentou fingir que não traiu minha confiança... Você nem tentou!
O quê é você jamais saberei e realmente opto pelo desconhecimento
Seja lá o quê você for, não estou fugindo covardemente, como pode parecer;
A minha autopreservação impera, a minha humanidade em agonia alerta-me
-Que horror, a minha alma por você chorou!
Rose Stteffen
Enviado por Rose Stteffen em 06/12/2017
Código do texto: T6192133
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Rose Stteffen
São Paulo - São Paulo - Brasil
1360 textos (178175 leituras)
16 áudios (1782 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 14/12/17 07:12)
Rose Stteffen