Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
Verso e e travessuras

Ela vem assim
Sem esperar
São versos
Pulando de algum lugar
Em festa
Nesta noite sem luar.

Para compor uma canção
Pego aquele violão
Sequer sei dedilhar
O poema
Em línguas estrangeiras

Nesta noite de serenata
Cantas a minha janela
Abro a cortina
A poesia canta
Em palavras de céu
a luz clareia
Retirando véus.

Traz o risco de uma
Palavra,

Tarde
Pode ser
O horário nem sei dizer
A serenata
Queima  brasas.

A fogueira acesa
Canta
Canta
O meu silêncio escuta
A voz da tua alma
De amor e ternura
De versos e travessuras ...
isis inanna
Enviado por isis inanna em 06/01/2018
Reeditado em 06/01/2018
Código do texto: T6218382
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre a autora
isis inanna
São Paulo - São Paulo - Brasil, 54 anos
2674 textos (107651 leituras)
6 áudios (1073 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/09/20 03:39)
isis inanna

Site do Escritor