Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Imensos caixotes de concreto e aço.
Homens nervosos em cima de andaimes,
Cumprem a tarefa do dia, mortos de cansaço.
O vento espreita tudo e não diz nada,
Apenas assobia uma melodia sem diapasão.
Em baixo os guindastes:- gigantescos brontossauros domesticados-
Erguem suas cargas sem reclamar.
Escravos cibernéticos civilizados.
Um dia tudo isso estará no chão
Como Sodoma e Gomorra também foi derrubada.
Nada de novo embaixo do sol. O Eclesiaste tinha razão.
Só muda a moda, a língua e o imenso ego dos homens
Que não cessa de inflar como o tamanho dos nossas construções..
 
 
João Anatalino
Enviado por João Anatalino em 24/04/2018
Código do texto: T6317584
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.

Comentários

Livros à venda

Sobre o autor
João Anatalino
Mogi das Cruzes - São Paulo - Brasil
3598 textos (1585464 leituras)
15 e-livros (72144 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 25/01/20 00:10)
João Anatalino

Site do Escritor