Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

RESGATADO

          Você ousou entrar nesse confinamento para me visitar em escura cela. Durante anos, fingiu minha inexistência e hoje nas regiões abissais nada para encontrar-me, rever-me e redimir-me desse fim. Seria o teu corpo, um veículo para esse espírito que te esnobou em todas as tuas décadas. Essa doação de si é apenas um desespero trajado de altruísmo. Sei que seu corpo padeceu em tédio e a busca de nova alma te trouxe até mim. Mesmo afogado, te imponho condições. Se submeterá em regras e será como um soldado em rigidez e atitude. A vida abusou de ti no momento em que te obrigou a me viver em si. Se engoliu o medo que tem de mim, não te pedirei que se mate, pois quero tudo o que é teu. Do meu jeito te moldo e não quero outro além de mim.  
ElisAndro Luz
Enviado por ElisAndro Luz em 15/05/2018
Código do texto: T6337080
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
ElisAndro Luz
Brasília - Distrito Federal - Brasil
44 textos (637 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/18 03:07)
ElisAndro Luz