Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Solitude

Toda dor passa.
Não importa o quão grande, o tempo sara.

Entretanto, habita entre nós a praga mundana.
Depositamos a felicidade em bens materiais e prazeres rasos.

Vive-se, a grosso modo, com o aval da sociedade. Temem o ato final.
Ou melhor, temem morrer só.

Assim, formam grupos.
Se perdem em círculos.
Assumem máscaras sociais.

Defendem ideais de outrem, que sequer concordam.
Há uma necessidade constante de sentir-se aparado.
De estarem rodeados de pessoas.

E assim prossegue o homem...
Rodeado de pessoas e, ao mesmo tempo, sem ninguém.
Minami Evans
Enviado por Minami Evans em 15/05/2018
Código do texto: T6337595
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Citar: Texto de autoria de Minami W. Evans). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Minami Evans
Cuiabá - Mato Grosso - Brasil
3 textos (33 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/08/18 13:11)