Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Constante corrente

Se a realidade fosse sumariamente reduzida
Constante e corrente seria
O que sempre foi
Até desaparecer de si mesma
Se isso acontecer, num dia, de noite, sem sol nem lua
Sem a inspiradora tristeza
Fazendo a última curva

Constante é o espaço
Pois sem massa não há a nossa realidade
Mas talvez continue existindo, a realidade que não existe
O não existir também existe
O que gostaríamos de ser
Este infinito que nunca nasceu
Que confunde as palavras rameiras

Corrente é o tempo
Porque corre, imparável
Nunca separa o eco do vento
Se ele aqui, entrelaçado, é o mesmo em qualquer lugar
É o espaço que o distorce
Como o fogo surgindo de um lago
Na cor dos meus olhos
Ou queimando um pasto
Fogo é fogo
Nossa realidade...
Vejam só!!
A única posse que temos é a chama da esperança
Tão constante e corrente...
Thiago Fávero
Enviado por Thiago Fávero em 12/07/2018
Código do texto: T6388497
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Thiago Fávero
Bicas - Minas Gerais - Brasil, 29 anos
315 textos (3000 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/07/18 18:30)
Thiago Fávero