Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Volto

Parei de contar as vezes que terei que passar por acéfala para prosseguir sem enlouquecer.
O entendimento não é tão aceitável quanto suporta supor minha paupérrima filosofia.
É preciso uma hipotética volubilidade para socializar minhas intrigas mentais.
Não me encontro disposta a estar no criado-mudo se bem posso estar entre macios lençóis.
Se eu amo e amo de forma que agride a fórmulas, deveria então partir para um desamor aceitável.
Conjugar-me não é fácil e bem tenho tido uma clara ciência de minha ilimitada incongruência.
Estou bem certa de que devo para meu próprio bem dizer mil tolices e digitar milhares de inutilidades.
Minha mente não pára e me canso de mim até chegar ao absurdo da ausência forçada...
No meu laboratório pesquiso a fórmula da cura para a doença que é viver até a última conseqüência.
A inércia da mente que almejo me causa irritações irreparáveis e faz-me ir a um shopping de terror.
Beberia de bom gosto daquele sangue em taça vagabunda se me elevasse a extremidades sem meias medidas.
Meias verdades são o que restam na lata de despojos daquele ente que bem quero sem ter um bom porque.
Lobotomia... Houve a era que já não é, sei bem do perigo que digo, mas como só mesmo eu entenderei, tanto faz...
Tanto faz nada! Pouco não é realizado e há mais tempo que o pretenso e praticável para sustento da continuidade.
Vi a pessoa que colhe estrelas e as transmutam em flores matinais para então doá-las, que o bem vem!
Volto ao meu centro mais intransitável, mas menos exausta que a prática de uma estupidez radical.
Rose Stteffen
Enviado por Rose Stteffen em 06/09/2007
Reeditado em 23/04/2011
Código do texto: T641643
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Rose Stteffen). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Rose Stteffen
São Paulo - São Paulo - Brasil
1356 textos (178108 leituras)
16 áudios (1782 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 12/12/17 14:11)
Rose Stteffen