Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto






O Ontem...




Lembro-me das noites calmas de verão,
em que os anjos dançavam ao som de clarins.
E os sonhos rondavam a mente feito fumaça colorida.

Os sorrisos davam cambalhotas no meio da chuva que caía de repente.
Entre os pingos, algumas lágrimas indicavam a paixão cor-de-rosa.

Saudades...
Sempre que venho aqui neste jardim,  uma canção acontece em mim...

O mesmo cheiro de vida, o mesmo jeito de olhar pro céu,
a mesma vontade de ser gente grande...
Fruto verde na espera do amadurecimento, do doce, da cor...

O coração acelera e pula dentro do peito.
A alma se liberta em poesia juvenil, dizendo que a vida é flor.

Não são os mesmos rostos que passam por aqui,
nem os mesmos olhos que procuram no céu, a estrela mais bonita...

Mas a saudade perfumada, devolve na lembrança, os momentos mágicos eternizados em mim.



















Sempre que volto aqui, relembro os tempos de juventude.
impossível não sonhar. Inevitável, a poesia vem...e eu revivo.

Imagem: Lago Igapó-Londrina














Agarra-me esta noite
Pedro Abrunhosa
(esta é a canção)
Charlyane Mirielle
Enviado por Charlyane Mirielle em 08/09/2007
Reeditado em 09/09/2007
Código do texto: T643546
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Charlyane Mirielle
Londrina - Paraná - Brasil
923 textos (122335 leituras)
8 áudios (1809 audições)
2 e-livros (461 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/17 21:42)
Charlyane Mirielle