Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Falar ou Calar

É maravilhoso falar,
expor idéias e pensamentos,
interagir sentimentos,
exteriorizar os sofrimentos.
Porém, quando falar se torna arma,
que fere, capaz de destruir,
de aniquilar, é preciso parar e refletir.
Mas e calar?
Calar muitas vezes se faz necessário,
para evitar desavenças e tristezas.
Calar não é indício de covardia,
aquele antigo dito popular:
“quem cala consente”, 
é algo muito subjetivo.
Calar é uma arte...
Quem cala, na maioria da vezes,
não se irrita, não provoca conflitos,
não entra em atritos, não se agita.
Calar não é dos fracos, 
é dos fortes de coração, 
é dos que consideram outras pessoas
como verdadeiros irmãos.
Faça a sua opção: “Falar ou Calar”,
sempre analisando a hora exata
e a situação em questão.

16/08/07
Cláudia Zin
Enviado por Cláudia Zin em 12/09/2007
Reeditado em 12/09/2007
Código do texto: T649722
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cláudia Zin - http://recantodasletras.uol.com.br/autores/claudiazin). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Cláudia Zin
São João Del Rei - Minas Gerais - Brasil, 50 anos
305 textos (40570 leituras)
3 e-livros (92 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 15/12/17 02:46)
Cláudia Zin