Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

EU, CACTO

Eu não quero flores,
Não quero um amor raso,
Ou um amor de molhar apenas os pés.
Eu não quero flores
Nem um amor mediano
Um amor igual a qualquer outro.

Eu não quero flores!

Eu quero um cacto...
Que em sua peculiaridade é esplêndido;
Que em sua diferença é intenso;
Que sobrevive, que se protege, que dura!

Quero um amor que eu me afunde, mergulhe, transborde...

Quero um amor fora dos padrões e clichês.

Não quero ser protagonista de filme romântico.
Quero ser o cacto que se supera no sol escaldante dos filmes do velho oeste!

Não quero flores, muito menos coisas superficiais.
Eu quero ser cacto e viver a nossa intensidade!
Elidayanne Nascimento
Enviado por Elidayanne Nascimento em 09/11/2018
Código do texto: T6498159
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Elidayanne Nascimento). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Elidayanne Nascimento
João Pessoa - Paraíba - Brasil, 23 anos
47 textos (4785 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/11/18 03:16)
Elidayanne Nascimento