Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Foto da nossa autoria

NO SILÊNCIO DA NOITE
 
Numa noite de insônia eu pude viajar por várias partes da Terra.
Aproveitei para ouvir o silêncio coberto com o véu escuro que encobria as matas, os campos e as cidades.
Alguns sons noturnos cortavam a quietude da noite.  Coaxos de sapos formavam uma canção esquisita nos lagos e banhados.
De repente aos poucos surgiu uma luz que foi dissipando a escuridão;
juntos com essa luz, outros sons foram se misturando e atrapalhando o som do silêncio.
A música silenciosa transformou em barulho da grande metrópole.
Assim mesmo pude ver nas paredes dos prédios e dos muros as poesias que jamais foram lidas.
Escritas estas com a pena da alma, regadas com as lágrimas.
Vi as pessoas correndo de um lado para outro na rua, falavam e ninguém as escutava. Até dialogavam, mas não se entendiam.
Muitas canções eram cantadas sem nunca serem compartilhadas.  Secretas, para o resto do mundo.
Eram tantas coisas lindas, que nem os poetas entendiam. Em questão de segundos estavam todas apagadas.
Pude ver a multidão.  Cada qual escrevia uma história, mas estas nunca lidas por quem quer que fosse.
Noite curtinha para tantas belezas.
Pude visualizar tudo isso e muito mais. Somente o coração se falasse poderia explicar os detalhes mais e mais...
 
(Christiano Nunes)

 
Christiano Nunes
Enviado por Christiano Nunes em 16/03/2019
Código do texto: T6599382
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, fazer uso comercial da obra, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre o autor
Christiano Nunes
Curitiba - Paraná - Brasil
2207 textos (222310 leituras)
2 áudios (252 audições)
2 e-livros (193 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/10/19 06:35)
Christiano Nunes

Site do Escritor