Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Cotidiano

Hoje acordei triste. A imensidão turva do dia obumbra meus pensamentos e me faz lembrar da minha infância perdida. O pássaro que outrora gorjeou na beirada de minha janela, debandou-se solitário para ir beber em outras fontes, deixando-me só na atmosfera fria de meu quarto. Solitário, vou caminhando pelas esquinas sujas e cinzas, na esperança de que um dia essa agonia se acabe.

-----------------------------

Disponível com imagens em: http://viscondesabugosa.blogs.sapo.pt/3929.html
Jóe José Dias
Enviado por Jóe José Dias em 25/09/2007
Reeditado em 22/01/2014
Código do texto: T667841
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Jóe José Dias
Florianópolis - Santa Catarina - Brasil, 37 anos
30 textos (5451 leituras)
2 e-livros (72 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 12/12/17 09:16)
Jóe José Dias