Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Diário IV

   O poeta acordou quando os ponteiros do velho relógio caminhavam rumo às 4 horas, 4 da manhã.
   Ele abriu os olhos após um sonho ter-lhe contado que as letrinhas, maiúsculas e minúsculas, são o alimento da nossa escrita.
   Sem sono, levantou-se da cama e preparou-se para caminhar, como faz diariamente.
   E saiu pensando nas tais letrinhas (maiúsculas e minúsculas do sonho), que acabaram por lhe tirar da cama.
Bom dia!
Chico Legal
Enviado por Chico Legal em 03/12/2019
Reeditado em 03/12/2019
Código do texto: T6809737
Classificação de conteúdo: seguro
Compartilhar no WhatsAppCompartilhar
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Chico Legal
João Pessoa - Paraíba - Brasil, 71 anos
238 textos (1101 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/19 22:26)
Chico Legal