Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

para a Dulce Costa



"Ah! meu amigo, que poema mais triste!"



Pois...

...mas a tristeza, essa, está sempre comigo.

Gostaria de exprimir outros sentimentos,
mas olhando-me de alto a baixo,
que se vê?

Uma tristeza sempre disfarçada
por risos falsos e circunstanciais.

Sou tão diferente do que olho à minha volta
que nada mais sei dizer ou escrever
que não sejam palavras atravessadas por angustias,
tristezas e desenganos.

Acabo por ser monótono
e tornar-me insuportável...

Sou assim.

Um caminho atravessado por mágoas,
um empedrado de dor e sofrimento
onde os anos se cruzam
e o fim se aproxima...

João Videira Santos
Enviado por João Videira Santos em 07/11/2005
Reeditado em 05/12/2005
Código do texto: T68249


Comentários

Sobre o autor
João Videira Santos
Lisboa - Lisboa - Portugal
237 textos (17449 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/08/20 14:12)
João Videira Santos