Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Você se lembra
AONDE ANDA VOCÊ?
 
Não me habituo com suas ausências. Mesmo esporádicas, me causam um desassossego inexplicável a ponto de me tirar a paz... Nesses momentos, busco um refúgio e fico quietinha em um cantinho lá no jardim. Me debruço sobre o divâ do tempo, ao qual, sob lágrimas e soluços incontidos, sem receio que alguém possa me ouvir além da Natureza, conto um pouco de nossa história de amor. No fundo carrego uma grande esperança de que, antes de sair dali irei te ver chegando alegre, sorridente e feliz, cantarolando enquanto amarra o cavalo embaixo da antiga palmeira. Fecho os olhos e penso mais em ti. Sinto frio e me vejo buscando teu toque, tua pele, o calor de tuas mãos a percorrerem meu corpo, me trazendo sensações diversas e me fazendo sentir mais amada e realizada.
Sei que, por enquanto são apenas sonhos... Você está tão perto, mas ao mesmo tempo tão distante... Com o amor aprendi a esperar, aprendi que tudo tem seu tempo e o momento certo para acontecer. Tudo há de passar, e você chegará, assim como chega radiante o soldado vencedor das batalhas. Eu o terei em meus braços, cuidarei de ti, e você sorrindo irá me dizer palavras lindas, versos apaixonantes... e nós dois seremos um - um poema de amor que o Céu cobrirá com sua proteção, e a Lua ficará de costas, com inveja de tamanha felicidade!

watercolor-and-gold-tropical-flowers-leaves-hummingbird-butterfly-set-illustration-id1139489540
Enquanto não vens, eu continuo observando o fluir das águas do regato atrás de casa, o vôo das borboletas e dos colibris sobre as roseiras, na certeza de que, aonde quer que fores ou estiveres, me tens acondicionada no aconchego do teu coração.
Sou assim como você me conhece, um tanto frágil, sensível, um tanto forte, outro tanto calmaria, outro tanto brava..., mas uma imensidão de amor a inundar as margens e caminhos da existência.
O Outono, que ora vivemos, é tão somente uma fatia do tempo a nos brindar com a possibilidade de renovação, de desprendimento daquilo que nos "desgasta". É apreciando a paisagem outonal que recebemos os afagos da brisa temperada e nos preparamos para receber o Inverno, onde os dias são mais românticos e convidativos para o amor. Com o Inverno chegará o frio, certamente trazendo você... Vou correr ao teu encontro, te abraçar com força e da saudade dorida esquecer.
******************************************                    
Imagens do Google.
Aparecida Ramos
Enviado por Aparecida Ramos em 25/03/2020
Reeditado em 26/03/2020
Código do texto: T6897205
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Livros à venda

Sobre a autora
Aparecida Ramos
Sertãozinho - Paraíba - Brasil
2128 textos (275152 leituras)
3 e-livros (1256 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 01/04/20 13:40)
Aparecida Ramos

Site do Escritor