Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DIAMANTE.

MEU AMIGO:

Queria lhe dizer aquela palavra bonita, encerrada dentro da formosura acabada de uma rosa pura....
Pura na origem livre da rosa, na clareza pura do meu sentimento.

Não sei escolher entre tantas que me passam pela cabeça agora - neste momento-, aquela que mais se adapte a você.
Talvez porque você me surpreenda sempre mais e mais, com a sua capacidade de envolvimento.
A forma de chegar na hora certa, no momento exato, no segundo marcado para compartilhar do meu sofrimento.

Quando você chega, e mais de perto me olha, mais distante se torna, nesse alheiamento necessário para permitir  um pensamento adequado àquele exato momento. Pensamento que não se fala, mas se vê,  sem comunicação.
 
Não importa, importa que você chegou. O seu silêncio me comove toda, e a sua presença já me basta.

Tantas vezes eu precisei de você, quantas vezes você se fez presente.

 E depois que a tempestade passa, levada pela nuvem negra que você, assoprando, desviou do meu caminho, sou eu que me faço distante, longe de tudo, longe de todos, inacessível, hesitante.

Estigma que eu levo adiante.

E assim nos separamos, nessa fuga de um instante.

Você respeita, não força, não questiona...
Apenas segue, confiante....
E quando eu penso "acho que desta vez eu o perdi"- lá vem você de novo, como um diamante, cujo brilho me é tão necessário, nas águas daquele instante.

Por isso, assim como a rosa, na sua perfeição acabada, não se deixa aprisionar em verso ou em prosa...
Eu te liberto de qualquer adjetivo, que seria vago e impreciso para mencionar o curativo, o bálsamo que você tem sido em minha vida, na solidão das horas doloridas....

Por tudo isso, amigo, por tudo o que foi falado, e pelo que não foi mencionado, apenas Obrigada! Obrigada por você existir e ser meu amigo!

19-04-1988
Originalmente foi dedicada a uma amiga, que na minha hora mais escura me faltou (e o amor já perdoou)... então dediquei ao Senhor Jesus, que nunca me abandonou.  
Ana Ribas
Enviado por Ana Ribas em 15/10/2007
Reeditado em 15/10/2007
Código do texto: T694664

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Ana Ribas
Cruzeiro do Oeste - Paraná - Brasil
202 textos (44942 leituras)
9 áudios (939 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 15/12/17 23:42)
Ana Ribas