Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
E AGORA, POETA? JOSÉ MORREU SIM!
Eram tantas alegrias
Naqueles dias felizes
E Seu José já sabia
Quem ali bebia
E quem apenas comia
Em meio ao nosso grupo.
Horas de papos e risadas
Às vezes até mentira saía
E seu José sorria
Enquanto a todos servia.
E agora, como vai ser sem José?
Até José que era duro
Morreu sim, poeta!
O bar também fechou
Um amigo se foi
E tudo que ali era
Nunca mais será.
Apenas lembranças
De Histórias e estórias
Do vai e vem só memória
Do sorriso do seu José.
A vida não acabou
Para quem aqui ficou
Mas com certeza a vida
Nunca mais será a mesma
Depois do vírus malvado
Tudo agora é com cuidado
Há perigo iminente
Esse atroz vírus da peste
Tem-nos colocado em teste
E matado muita gente.
JOEL MARINHO
 
Apenas inspiração, mas confesso que caiu um fio de lágrimas aqui só de pensar nessa cena que em algum lugar possa ter acontecido!
 
 
 
 
 
 

 
Joel Marinho
Enviado por Joel Marinho em 29/06/2020
Código do texto: T6991664
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre o autor
Joel Marinho
Manaus - Amazonas - Brasil, 45 anos
1266 textos (18079 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/08/20 19:18)
Joel Marinho

Site do Escritor