Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Entre o tempo e a montanha


                                             "All we are is dust in the wind"
                                                ("Dust in the Wind", Kansas)


O tempo é a única dimensão insuplantável do mundo sob o céu (e também no céu, por que não?). Se o padrão pueril e volúvel da areia não pudesse mudar então alguma coisa teria vencido o tempo e este mundo seria governado pela areia. Contudo também ela não apenas se esvai, mas também pode ganhar siso e consistência se submetida ao malho de alta temperatura e pressão. Tudo isso para depois de eras voltar a se espalhar pelos ventos.
 
E eu olho a montanha ao fundo da paisagem. Lá, reinando soberana e silente, olhando para mim, vigiando o lapso em que se constitui a vida de todos nós, humanos, libélulas e pássaros. Ela responde a todas as questões que eu lhe faço sobre a vida e o tempo na complexa língua das montanhas: o silêncio. Felizmente hoje estou com o olhar demorado o suficiente para entender este estranho idioma.
 
Ela me diz que a lentidão não é falta de energia, mas densidade que obriga o tempo a se demorar. Fala para mim que no universo tudo é luz e escuridão; que a luz é o espírito das coisas que possuem existência e as trevas, a estrada por onde viaja a luz. E que o tempo tem algo a ver com o demorar ou flui da luz.
 
A montanha me fala da força que ela possui ao retardar o tempo, em ser pesada e consistente o bastante para que o carro das eras não possa levá-la num lampejo de existência.
 
O tempo, contudo, enquanto deus maior de todas as coisas que existem, em seu trono de onipresença, ri da sapiência limitada da montanha adulada pelo vale. Se não há um fim para o tempo, como pode a montanha falar em permanência? Se assim como a libélula, também ela se vai, como lampejo de existência na eternidade.
 

 
Wilde Green
Enviado por Wilde Green em 08/04/2021
Reeditado em 08/04/2021
Código do texto: T7227053
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2021. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre o autor
Wilde Green
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 37 anos
48 textos (4163 leituras)
16 áudios (525 audições)
2 e-livros (57 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 14/04/21 09:21)
Wilde Green