Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

POETAS PELA PAZ & JUSTIÇA SOCIAL

Liberdade e o exercício dela, na democracia, é sempre fator assegurador de que um novo tempo é possível, no sonho socialista. Nunca morre a esperança. E por esta vale a pena morrer.

A escravidão fugida das senzalas adquire a possível liberdade na guerra, com Zumbi dos Palmares, o seu mártir, no século XVII.

Lembram de Federico García Lorca, poeta andaluz, abatido pelos projéteis do Franquismo, na Espanha, século XX?

“Beleza é fundamental” como queria Vinicius de Moraes, não só para o gênio feminino, e, sim, para a Pátria feita mulher, que precisa cantar o contemporâneo e suas despertas angústias.

Enquanto o solidarismo é a permanente pedra-de-toque do verdadeiro poeta, é necessário inocular o dardo da inspiração – novo ou antigo – no coração dos poucos que lêem...
 
Nada de desesperançar. A Pátria, intensa e imensa, vive no coração de seus poetas. Mas a liberdade é a caixa de música capaz de acionar o coração dos íntegros. E este bem precioso somente tocará com efeito certo se acionado aos ouvidos dos que comandam.

Num Brasil pleno de futuro e também pejado de ansiedades sociais, sempre caberá aos poucos lúcidos (e loucos) o altruísmo de serem vassalos da chama votiva dos que fazem Pátria...

– Do livro CONFESSIONÁRIO / EU MENINO GRANDE. Porto Alegre: Alcance, 2008, p.303.
http://www.recantodasletras.com.br/prosapoetica/725228
Joaquim Moncks
Enviado por Joaquim Moncks em 06/11/2007
Reeditado em 03/05/2013
Código do texto: T725228
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Joaquim Moncks). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Joaquim Moncks
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil, 71 anos
2911 textos (776707 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 14/12/17 09:13)
Joaquim Moncks