Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
centrípetos

No Brasil há muitas periferias e poucos centros;
Somos um país centrípeto;
O nordestino vai ao centro para ser reconhecido, uns levam o talento, outros a força dos braços para ajudar a erguê-lo;
O sulista vai pelas mesmas razões;
O nortista na mesma direção;
O habitante do centro-oeste do mesmo jeito.
O fato é que exite periferias por demasia;
Não me refiro a periferia dos centros, mas a periferia que se forma além dos centros;
O Brasil é assim centrípeto: ou se vai para o Rio ou São Paulo ou o mais completo anonimato;
Nunca desejei o centro, sempre fui da periferia, do subúrbio, da "zona norte", e mesmo quando ía ao centro queria voltar para minha periferia, meu umbigo;
Nos EUA ao contrário do Brasil, há muitos centro e menos periferias, há subúrbios;
Você pode ser alguém em Nova Iorque, São Francisco, Chicago, Boston, Maiami, Los Angeles,
O Brasil é Rio ou Sampa;
Todos os brasileiros querem chegar ao centro, ficar famoso no eixo Rio-SP;
Os periféricos desejam coisas que vem do centro, assim como os que vivem no centro desejam viver como se vive em outros centros;
E assim em círculos concêntricos vamos nos agregando
E os centros se unem a outros centros, as periferias dos centros se umbricam numa rede periférica.
FOKER
Enviado por FOKER em 12/11/2007
Reeditado em 14/06/2014
Código do texto: T734741
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
FOKER
Palmas - Tocantins - Brasil
692 textos (25292 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 15/12/17 16:28)
FOKER