Desconhecida

Não sei se poetas têm forma ou traço,

Se têm face ou rosto,

Não sei se poetas se veem em estrelas.

Não sei se os seus poemas estão escritos

Nos seus olhos ou entre os seus lábios,

Não sei se eles me dão as mãos

Quando caio entre os vãos,

Não sei se me veem entre eles

Nas sombras que são em noites sombrias

As suas únicas moradas.

Não sei, não sei e por não saber

Ando sobre as pedras que eles pisam

Voltejo com as asas que eles voam,

Amo com o coração que eles amam.

Ninna Marques
Enviado por Ninna Marques em 25/11/2021
Reeditado em 25/11/2021
Código do texto: T7393603
Classificação de conteúdo: seguro
Copyright © 2021. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.