Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Prefácio

Vejo meus dias passarem diante de mim, um a um
Como um filme, como se não fosse real
Os momentos preciosos que vivi
Que guardo na lembrança
As esperanças que alimentei
Os sonhos e ilusões que tive
A minha ingenuidade e alegria
A pureza das minhas idéias

Por que o tempo leva embora tanta coisa
E nos transforma em algo que não queríamos ser?
Quando foi que perdi as ilusões?
Onde deixei meus sonhos?
Alguém me diga, pois quero recuperá-los!

Por que temos que crescer
E, ao crescer, abandonar o melhor de nós?
A alegria pelas coisas simples
A felicidade sem nenhuma razão específica
A certeza de que seremos tudo o que quisermos ser

Se eu tivesse alguém a quem aconselhar
Aconselharia não se deixar endurecer
A não permitir que o magoem
A ponto de quebrar seu coração
Ou de transformá-lo em pedra.

Diria: "- Não leve a vida tão a sério
Expresse seus sentimentos com entusiasmo
Descubra quem você é
Seja você mesmo
Tenha orgulho em sê-lo.

Ame a si mesmo
Ame-se muito.
Ame ao mundo.
Ame a todos.
Ame de modo que seu amor transborde seu coração
Extravase
Transcenda
E alcance as pessoas e coisas amadas.

Ame.
Porque no amor está a felicidade.
No amor amplo, a tudo e a todos
E principalmente a si mesmo."

26/03/2000
Selma AM
Enviado por Selma AM em 25/11/2007
Código do texto: T751789

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Selma AM
São Paulo - São Paulo - Brasil
59 textos (90273 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/12/17 03:44)
Selma AM