Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Valores divinos

Um homem se casou e ele com sua esposa tiveram 4 filhos quando a velhice chegou o homem reuniu 0s quatro filhos e mostrou 4 objetos e disse cada qual tem direito a 1, e antes de usar é bom ler as instruções que existem dentro de cada objeto. Devem cuidar de cada objeto e não devem os separar pois eles representam a aliança familiar pois devem ser passados de geração em geração. O filho mais velho pegou a espada e pelo mundo começou a explorar e começou a fazer injustiça passou-se o tempo e ele sentiu-se sozinho, e de uma coisa ele lembrava do caminho que o levaria para casa. Ao chegar em casa seu irmão mais novo o recebeu e observou que ele estava todo sujo de sangue das injustiças que cometeu e pés descalços e inchados, porém nada perguntou e dele cuidou. O segundo irmão pegou a árvore saiu e nada falou ao chegar em uma aldeia comprou um terreno e a árvore plantou por algum tempo ele cuidou, quando deu os primeiros frutos ele pegou por não vigiar gastou tudo com sua própria vaidade e se corrompeu e da árvore esqueceu quando finalmente voltou a se lembrar da árvore já era tarde, ela tinha secado e se transformado em pó ele se lançou no chão e começou a chorar é disse:-nada me resta para casa vou voltar, quando voltou para casa seu irmão mais novo o recebeu e notou em seu semblante uma tristeza profunda e um arrependimento grande e se sentindo como se fosse nada .O terceiro pegou o saco de ouro e olhou para a sua família e disse adeus se instalou em uma tenda que estava em um campo com o tempo constitui família tendo dois filhos , mas começou a cobiçar até certo ponto que da família esqueceu em uma dessas cobiças ele morreu pois queria ter o que não lhe pertencia. O último filho ficou com o livro e começou a ler e descobriu que um dia um homem veio a terra pela humanidade morrer e com a sua luz as trevas vencer, quando a tarde chegou os três irmãos se reuniram o mais moço perguntou ao mais velho:-Onde estar a sua espada? Cabisbaixo respondeu: -fui tão injusto que a perde pois não segue as instruções de nossos pais. O mais novo se dirigiu ao segundo irmão e perguntou:-onde está a sua árvore? O segundo o respondeu: -por conta de minha vaidade ela morreu por falta de cuidados nem sequer me lembrei das instruções de nossos pais. Os dois irmãos perguntaram: -E onde está o livro? E ele respondeu: -Ele está aqui. E o mostrou e perguntaram de novo: -você leu as instruções? Ele disse: -sim vós aprendei dentro desse livro que cada um de vocês recebeu o mesmo livro que eu as mesmas instruções, sua espada representava a justiça divina você deveria ter mostrado as justiças aos injustos já você que tinha a árvore que simbolizava a vida deveria mostra as pessoas como era ser feliz servindo a Cristo em espirito e verdade e que ele vê nos dá vida em abundância. Já o nosso irmão que faleceu o saquinho de ouro simbolizava os tesouros que tem no céu ele deveria ter mostrado as pessoas que não deve ajuntar tesouros na terra nem se corromper pela ganancia. O meu simboliza o mesmo que o de todos vocês só muda que fui cauteloso e coloquei tudo em pratica não é fácil pregar o evangélico pois algumas pessoas não querem ouvir, não é fácil perdoar, mas vós aprendei, nem e fácil ser uma árvore que só produz bons frutos mas com a força de cristo estou me tronando uma pois quero sempre levar a luz onde tem trevas e com vocês todos aqui vamos juntos batalhar até Cristo voltar e esses objetos vamos fazer tudo de novos nós não iremos separá-los iremos passar para os nossos descendentes até nossa linhagem acabar.
Poerais
Enviado por Poerais em 07/07/2018
Código do texto: T6384122
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Poerais
Aquiraz - Ceará - Brasil, 34 anos
26 textos (364 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/12/18 15:05)
Poerais