Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Quando o Texto Acabar

 Todas as suas motivações indicam o curso dessa corrente, fluir é mais difícil ao deparar com terceiros, retidos no agora, como se eles congelassem o indicador dos termômetros carioca, essa (i)realidade não passa de abstenção coletiva, quero o poder de querer fugir de taxações, 'tributação alheia' barata, não encontrada em baixo do chinelo; o insulto à minha mãe. Parar para pegar algo a mais que simples folego, folia de gol aos quarenta é grito de exclusão, retenção de emoções ao longo de tempos que sempre, ao final faz-nos desaguar tudo que solidificamos.
 
 Nenhuma das minhas crenças relevam a máxima dos seus pesares, interpreto um mundo negro, particular, não sou tamanho ingênuo para taxar minhas verdades em linha reta às suas entre linhas corriqueiras. Finalidade de alguma fruição é contribuir para o todo, nenhum toldo exprime o máximo de eficacia, um produto contribui pra disseminar réplicas numa noite de sábado 'neonizado'... A venda é um rótulo barato e os preços etiquetas com digitais, não queria fluir com córregos, apertam minha livre sensação de 'achar', de querer, ao menos essa 'sensação' irreal, mas saciável, momentânea impressão de ser maior que esses dígitos, cada inspiração entre uma barra e outra.

 Se, se torne ou se, se tornar aquilo que mudam de nome a cada dia, seja o motivo do significado dos substantivos, sua nobreza é evidencia de crime passional, a cara do algoz reflete aquilo que não precisa ser mostrado, eles revelam o imperceptível por conta das vendas, não bateram metas pessoais e buscam no ódio motivos como justificativa para tais correntes, mordaças não criam panorama para mudanças, retem tudo quanto for diferente, inalam tanto amianto que não sentem o nostálgico cheiro das manhãs primaveris, sinto o que não escracham na telha do cotidiano.
Macedo Cruz
Enviado por Macedo Cruz em 01/02/2019
Reeditado em 01/02/2019
Código do texto: T6565033
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Sobre o autor
Macedo Cruz
Cabrobó - Pernambuco - Brasil, 24 anos
6 textos (75 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/02/19 20:17)
Macedo Cruz