Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Os engenhos de aço

Escrito em 23/4/2019

   A célebre Constituição de 1988 foi declarada como oficial do Brasil prometendo ajustes sobre vários aspectos que precisavam de reformas. O propósito principal dessa Constituição fio na verdade o conserto de uma medida tomada há um século em período de agitação política do país.
   O trabalho escravo brasileiro teve como principal mão-de-obra negros trazidos por portugueses. Índios e negros serviram os senhores de engenho por séculos, restando mais trabalho árduo à parcela negra. A escravidão seria abolida então em 1888.
   Mas, nós podemos não ter a ideia correta de escravidão. A opressão do branco sobre o negro é um processo recente comparada a do branco sobre o branco. Esta é muito mais arcaica e está muito mais presente.
   O ponto em comum das duas escravidões é a exclusão de direitos, trabalho forçado e para alguém influente. Contrastando, a indiferença de raças, o tipo de trabalho e a desigualdade são típicas da moderna. ainda assim, os escravos atuais são ofuscados pelo sucesso das marcas e qualidade dos produtos produzidos à força.
   Com mais tecnologia, fundos e perversão no pensamento, os escravos atuais se encontram em uma situação de quase impossível escape. As chantagens sobre eles e suas famílias somadas à baixa disponibilidade de informação e má condição social provoca uma tentativa de ganhar fácil, e acabam a pagar mais caro.
   Baseado nos fatos mencionados, é solução a criação de obras públicas em áreas necessitadas com o propósito de geração de empregos e incentivo à educação. Também é essencial a fiscalização constante do ambiente de trabalho. A informação bem dada faz qualquer um pensar melhor para prevenir más decisões futuras.
André Callá
Enviado por André Callá em 25/04/2019
Código do texto: T6632457
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
André Callá
São Paulo - São Paulo - Brasil, 16 anos
70 textos (594 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/05/19 06:27)