Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Empatia líquida

A empatia, de acordo com o Aurélio, é a “tendência para sentir o que sentiria, se estivesse em situação vivida por outra pessoa”. Isto é, a capacidade de colocar-se no lugar do Outro. Essa definição pode ser comprovada por meio de estudos divulgados pela neurociência, os quais apontam que o ser humano é por natureza um ser empático.

Todavia, o mundo globalizado concatenado no individualismo e no egoísmo em detrimento da coletividade destronou a empatia. Assim, tornando-a em uma arte esquecida e raras vezes praticada. Em seu lugar os indivíduos da sociedade contemporânea elegeram a “empatia líquida”, cuja essência elementar é ser ubíqua, que está ou existe ao mesmo tempo em toda parte, mas que não permanecerá em nenhum lugar por muito tempo.

Sob esse viés, pode-se apontar como aspectos fundamentais da empatia líquida a sensibilidade midiática e a mobilização social para determinadas questões e a empatia seletiva ou indiferença para outras. Por exemplo, no dia 28 de novembro de 2017 um segurança do Carrefour de Osasco agrediu uma cachorra, que morreu depois devido a hemorragia provocada pela lesão sofrida. O caso gerou grande comoção nacional, as redes sociais foram inundadas por mensagens e comentários sobre o ocorrido.

Tempos depois, em uma situação parecida, dentro da rede de Supermercados Extra, na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro, um jovem foi imobilizado e estrangulado até perder a vida, por um segurança. Este caso por sua vez, gerou uma comoção seletiva, por um lado, alguns setores da sociedade se colocando na situação condenaram o acorrido.  Por outro, às máximas demonstraram o alinhamento à triste prerrogativa, “bandido bom é bandido morto”.

É evidente, portanto, que há entraves para que a empatia se solidifique. Dessa maneira, uma vez que, a empatia é uma habilidade que pode ser treinada através de estímulos e exercícios, é preciso que as instituições, a família e a escola, promova uma educação que vislumbre os processos empáticos sólidos.

Neste sentido, é necessário que às instituições em conjunto desenvolvam projetos e atividades que gerem situações e processos de empatia. Vale ainda ressaltar, aos adultos são imprescindíveis o engajamento e a participação ativa em Ongs e nas instituições de caridade, por exemplo, dedicando um pouco do seu tempo para construir casas para pessoas em situação de rua.
Ednelson Silva
Enviado por Ednelson Silva em 04/11/2019
Código do texto: T6787306
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, fazer uso comercial da obra, desde que seja dado crédito ao autor original (Silva, Ednelson). Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Ednelson Silva
Planaltina - Goiás - Brasil, 26 anos
2 textos (44 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/11/19 23:57)
Ednelson Silva