Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Saara marroquino: Diplomata ocidental apoia a proposta do Marrocos

O embaixador de Berlim a Rabat sublinhou sobre  a abordagem americana, considerando que as vezes busca uma solução diferente da abordagem alemã ou europeia em relacao a este conflito regional, cuja iniciativa de autonomia marroquina forma uma solução realista e prática.

No mesmo sentido, ele declarou que “é difícil encontrar uma solução mais realista e confiável”, que este projeto proposto pelo Marrocos.

O diplomata alemão considerou que não reconhecimento da autonomia não resolve o problema da integração magrebina, sendo o projeto de autonomia " constitui a única solução deste conflito de mais de 4 décadas;  tal solução é mais realista e prática, segundo o diplomata, cuja situação da frente "Polisario" continua sendo do impasse e "difícil" perante os ataques e derrotas sucessivas.A última derrota foi da travessia de Guerguerat, e a segunda o reconhecimento americano do saara marroquino.

Tal diplomata lembrou que a «Polisário» deve ter consciência de que a questão da existência de um Estado saharaui independente é algo que não pode ser alcançado no terreno, chamando à Argélia para abandonar de alimentar e apoiar essas reivindicações.

Lembrando ainda que aproximar os pontos de vista das partes exige que Marrocos e a Polisário, que se sentem à mesma mesa para procurar uma solução de compromisso que satisfaça as partes envolvidas, cuja solução acordada deve permanecer no âmbito da iniciativa marroquina (autonomia). Porque toda a comunidade internacional, unânime sobre a proposta marroquina, realista e prática.

O embaixador de Berlim a Rabat chama para que o Marrocos persuada a frente "Polisario", da positividade da proposta de autonomia, assinalando que a sua rejeição  resulta da falta de consciência e dos méritos desta solução. Ressaltando que as proposições da separação, são "rejeitadas" e "irrealistas".

O embaixador alemão considerou que a recusa contínua da "Polisârio" da proposta marroquina constitui um perigo para a região, através da propagação do extremismo violento.Numa pergunta sobre como impulsionar os investimentos alemães nas regiões do sul de Marrocos, conforme esta nova abordagem marroquina, o  diplomata explicou que o governo alemão não impõe quaisquer restrições ou diretivas às empresas alemãs em relação às zonas em que devem investir, anotando que as empresas alemãs  investem sempre na região.

Acrescentando ainda que à situação no Saara,  deixa algumas empresas alemãs  a ficar distantes para não enfrentar problemas relacionados com eventual conflito, sobre devido às queixas da "Polisario", e à luz deste status quo, o governo alemão fica ainda sem como fornecer garantias aos alemães para investirem nas regiões do sul.

O embaixador Goetz Schmidt confirmou a este respeito que não existe nenhuma decisão oficial da Alemanha ou da União Europeia, relativa ao boicote dos investimentos no Saara, apontando a parceria  que existe entre Marrocos e a União Europeia, envolvendo todas  as regiões do sul.

Lahcen EL MOUTAQ
Professor universitário, Marrocos, Rabat
ELMOUTAQI
Enviado por ELMOUTAQI em 13/01/2021
Código do texto: T7158779
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre o autor
ELMOUTAQI
Rabat - Rabat-Salé-Zemmour-Zaër - Marrocos, 54 anos
75 textos (401 leituras)
1 e-livros (12 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/01/21 04:17)
ELMOUTAQI