Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O APARECIMENTO DO PÊNIS DOS BOXIMANES: ALEMÃES, GENITÁLIA E GENOCÍDIO

        Texto de autoria de Robert Gordon da Universidade de Vermonte EUA, com tradução de Carolina pertitinga. O texto apresenta dados sobre o aparecimento e estudo do pênis dos boximane, tal fato se deu em 1913, quando o professor de Anatomia da Universidade de Friburg, Eugen Fischer, escreveu ao Governador da África Alemã pedindo  que lhe enviasse um pênis preservado de um boximane ( povo caçador da África Meridional). O governador até que atendeu ao pedido, mas sugeriu que o pedido fosse executado de forma a não causar muito tumulto.
      O artigo traz como embate desafiar os limites artificiais entre as construções acadêmicas como  “História Alemã” “ História Africana” “ História Antropológica” . Robert deixa claro que o pedido de Fischer não foi extravagância isolada. Afirma ainda que o esse artigo serve como lembrete de que a genitália masculina foi também um resultado de um interesse dos cientistas para ainda um restrito, porém importante público elitista.
       Ainda nesse artigo demostra que a alegação de que a genitália masculina não era objeto de discussão é inapropriada e serve de base para ocultar a discussão sobre sexo e sexualidade. Apresenta ainda uma seção intitulada o pênis dos Hottentone, nesse tópico o autor apresenta um embate entre Fischer e franz , esse último afirmando que a característica distinguível dos  boximanes, era o pênis, (quanto mais puro o boximane mais ereto será seu pênis). Ainda nesse embate há muitos discussões a respeito da genitália boximane, e outros estudiosos são mencionados ao longo do texto.
     Para o tópico a crise da masculinidade disserta sobre o final do século XIX, na Europa, mais precisamente na Alemanha, o alto senso da masculinidade e, muitos discursos foram proferidos sobre o “novo homem”  “novo alemão”  e o “ novo judeu” dando ênfase a vitalidade e o controle sobre as paixões. Na verdade a masculinidade era a forma como os homens afirmavam aquilo que acreditavam ser sua virilidade.
      Nessa premissa é apresentada a relação entre nacionalismo europeu antropológico e a sexologia como uma relação complexa.
Para o quesito masculinidade e a dignidade no trabalho, o embate continua a respeito da genitália  do Boximane sendo eles participantes ativos. Está descrito ainda o modo de vida dos mesmos e também a sua decadência quando já possuíam mais valor cientifico e econômico.
      O texto apresenta estudos de Eugen Fischer e seus membros acadêmicos, apresenta também o problema do estereótipo do boximane, conexão judaica e a genitália e genocídio termo esse associado aos “cientistas assassinos”.
É um texto muito bom, bastante esclarecedor, de fácil linguagem e entendimento, que serve de base para conhecimento a respeito do povo boximane da África Meridional. Trata-se de um texto digno de ser estudado minuciosamente.
Geusahenrico
Enviado por Geusahenrico em 19/07/2019
Código do texto: T6699803
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Geusahenrico
Picos - Piauí - Brasil, 35 anos
63 textos (24839 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/10/19 21:49)
Geusahenrico