Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Ataque dos clones: quando o final não pode ser feliz

ATAQUE DOS CLONES: QUANDO O FINAL NÃO PODE SER FELIZ
Miguel Carqueija


Resenha do filme “O ataque dos clones” (Attack of the clones) — EUA, Lucasfilm, 2002. Distribuição: 20th Century Fox.
Muita coisa já se falou deste filme e demais episódios de “Star Wars”, a notável criação de George Lucas. Entretanto, todas as restrições que possam ser feitas não impedem que se trat de espetáculos marcantes e deslumbrantes. E não se pense que esta mescla de ficção científica, fantasia e até faroeste seja apenas aventura para entreter: há também drama e até tragédia. Na verdade, como foram primeiro filmados e exibidos os epísódios 4, 5 e 6 (a trilogia intermediária) quando surgiu a primeira sequela, “A ameaça fantasma”, já sabíamos que Anakin Skywalker, então ainda um menino, por mais bondoso e inocente que então fosse, inevitavelmente iria se tornar o terrível vilão Darth Vader.
É por isso que o final deste episódio 2, mostrando o romance entre Anakin e Padmé, secretamente casados, é ao mesmo tempo belo e triste, entristece saber de antemão que a tragédia virá e que Anakin irá para o “lado negro da Força”.
Há sequências interessantíssimas nesta obra, onde os efeitos especiais brilhantes não são simples exibicionismo. A batalha entre Yoda e Dooku é originalíssima. Já a morte estúpida de Schimi, que aumenta a revolta de Anakin, pode ser questionada: por que a Ordem Jedi e o próprio Obi Wan Kenobi não se interessaram, em dez anos, em saber notícias da mãe do aprendiz Anakin? Ao que parece Lucas não encontrou fórmula menos cruel, mas haveria.
Quanto à interpretações, estão muito boas. Christopher Lee, habituado a interpretar personagens sinistros, é o perfeito vilão Dooku. Hayden Christensen viveu bem o impaciente e audacioso, porém inseguro, jovem Anakin. Natalie Portman está muito bem como a corajosa senadora e ex-rainha Padmé. Outro bom ator é Samuel L. Jackson como o Mestre Jedi Windu. E, claro, Ian McDiarmid como o cínico e caviloso Palpatine, é outro trunfo do elenco.
George Lucas, como produtor, diretor, roteirista e criador, de fato revolucionou o mundo do espetáculo.

Produção executiva e direção: George Lucas. Produção: Rick McCallum. Roteiro: George Lucas e Jonathan Haley. Argumento: George Lucas. Música: John Williams.
Elenco:
Ewan MacGregor..............................Obi-Wan Kenobi
Natalie Portman...............................Padmé Amidala
Hayden Christensen.........................Anakin Skywalker
Ian McDiarmid.................................Chanceler Palpatine
Samuel L. Jackson............................Mestre Mace Windu
Christopher Lee...............................Conde Dooku
Anthony Daniels..............................C-3PO (voz)
Kenny Baker....................................R2D2 (voz)
Frank Oz..........................................Mestre Yoda (voz)

Rio de Janeiro, 4 de junho de 2018.



(Anakin e Padmé no fotograma)
Miguel Carqueija
Enviado por Miguel Carqueija em 13/06/2018
Código do texto: T6363223
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Miguel Carqueija
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 70 anos
2416 textos (123324 leituras)
49 e-livros (4472 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/10/18 07:14)
Miguel Carqueija