Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

LOST episódio 18: a maldição de Hurley

LOST episódio 18: a maldição de Hurley
Miguel Carqueija

Hurley na verdade é um personagem que não se consegue levar muito a sério. Demasiadamente gordo e ainda jovem, mesmo quando tenta ser sério parece patusco com seu rosto avolumado e que em geral não sorri. Por isso, quando finalmente chega o episódio em que a sua vida é vista em retrospectiva, como já aconteceu com outros personagens importantes de Lost, o que aparece não é nenhum drama escabroso como os dois irmãos de criação ou do casal coreano ou de Kate, ou Jack, ou Sawyer, mas algo de estapafúrdio: números que aparentemente estavam amaldiçoados, números que ele utilizou para jogar na loteria e ficou rico de uma hora para outra. Logo em seguida tragédias começaram a acontecer na sua vida, a começar pela morte de seu avô. Só com o tempo Hurley acaba se convencendo de que o azar não vinha do dinheiro mas dos números utilizados. Números que, afinal, também aparecem numa rocha da ilha e numa transmissão misteriosa. A própria francesa Rousseau, única sobrevivente de um naufrágio e que se encontra por lá há 16 anos, e que se mantém à parte do grupo de náufragos do avião, confirma isso. O mistério desses números agora representa outra assombração da ilha...



Resenha do episódio 18 (Numbers/Números) do seriado de televisão “Lost”. Touchstone Television, EUA, 2004. Criação: Jeffrey Lieber, J.J. Abrams e Damon Lindelof. Produção executiva: J.J. Abrams, Damon Lindelof, Jack Bender, Carlton Cuse e Bryan Burk. Co-produção executiva: David Fury e Jesse Alexander. Supervisão de produção: Javier Grillo-Marxuach. Produção: Edward Ktisis & Adam Horowitz, Leonard Dick, Sarah Caplan e Jean Higgins. Roteiro: David Fury & Brent Fletcher. Direção: Daniel Attias. Música: Michael Giacchino. Fotografia: Michael Bonvillain, A.S.C.
Elenco: Naveen Andrews (Sayid Jarrah), Emilie De Ravin (Claire Littleton), Matthew Fox (Dr. Jack Shepard), Jorge Garcia (Hugo “Hurley” Reyes), Maggie Grace (Shannon Rutherford), Josh Holloway (James “Sawyer” Ford), Daniel Dae Kim (Jin Kwon), Yunjin Kim (Sun Kwon), Evangeline Lillly (Kate Austen), Dominic Monaghan (Charlie Pace), Terry O’ Quinn (John Locke), Harold Perrineau Jr. (Michael Dawson), Ian Somerhalder (Boone Carlyle), L. Scott Caldwell (Rose Henderson), Malcolm David Kelley (Walt). Também neste episódio, Mira Furlan.


“Não faz idéia de quanto tempo eu esperei por alguém que concorde comigo.”
(Hugo “Hurley” Reyes)

“Acho que o desastre de avião pode ter sido culpa minha.”
(Hugo “Hurley” Reyes)


O obeso ator Jorge Garcia consegue impostar uma segura interpretação do patético porém muito confiável Hurley, que não possui as tortuosidades de um Sawyer ou um Jin. Ele com certeza rouba a cena neste episódio, o próprio Locke, habitualmente muito importante na trama, tudo o que faz é fabricar um berço para o bebê de Claire, já que o parto está se aproximando. O que cresce porém é a forte impressão de que forças misteriosas trouxeram todas aquelas pessoas tão diferentes entre si para aquela ilha surreal que parece nem estar no mapa e onde ninguém aparece para procurá-los.
E os atores de “Lost” parece ter sido muito bem escolhidos. Esta primeira temporada com certeza está muito boa.

Rio de Janeiro, 14 de setembro de 2020.


 
Miguel Carqueija
Enviado por Miguel Carqueija em 14/09/2020
Código do texto: T7062635
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre o autor
Miguel Carqueija
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 72 anos
3542 textos (265074 leituras)
58 e-livros (5702 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 26/09/20 19:23)
Miguel Carqueija