Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O Céu da Meia-noite

George Clooney não é um mal diretor, e deve ter aprendido alguma coisa com Alfonso Cuarón, já que foi dirigido por ele no filme “Gravidade”, que também se passava no espaço, mas o problema de Clooney é que ele não consegue tirar o melhor dos atores em cena, nem dele próprio. Quando ele está em cena, o que é uma boa parte do filme, o longa torna-se arrastado, e nas cenas do espaço, onde há uma participação maior de bons atores, o filme se torna previsível demais, sem surpresas, o que é uma pena, porque a história tinha muito potencial. A parte técnica é bem explorada por Clooney, mas para um filme com a pretensão desse “Céu da meia-noite” é muito pouco. O filme não é longo, mas parece demorar a engrenar, e na verdade, nunca faz isso realmente. Quando termina, a surpresa final é interessante, mas chega no ponto em que já descartamos o filme como uma boa opção de entretenimento.
Parzival
Enviado por Parzival em 08/01/2021
Código do texto: T7155358
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2021. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre o autor
Parzival
São Paulo - São Paulo - Brasil
451 textos (19040 leituras)
1 áudios (13 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/01/21 00:05)
Parzival