Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Viagem de jangada: Huckleberry Finn

VIAGEM DE JANGADA: HUCLEBERRY FINN
Miguel Carqueija


Resenha do romance “As aventuras de Huckleberry Finn”, de Mark Twain. Editora Martin Claret, São Paulo-SP, 2013. Coleção “A obra-prima de cada autor”, Série Ouro n° 19. Tradução: Alda Porto. Capa: Weberson Santiago. Prefácio: Vera Lúcia Harabagi Hanna.

Publicado pela primeira vez em 1884, este volumoso romance de Mark Twain (pseudônimo de Samuel Langhorn Clemens, EUA, 1835-1910) utiliza o protagonista d eum livro anterior, “As aventuras de Tom Sawyer”. Agora porém o foco principal é seu colega, o adolescente Huckleberry Finn, que para escapar de um pai bêbado e brutal foge numa jangada acompanhado por Jim, um escravo fugido de certa Sra. Watson. Partem pelo imenso Rio Mississipi, vivendo inúmeras aventuras. Era no tempo anterior à guerra civil e os costumes sulistas eram francamente escravagistas e racistas. Mergulhamos numa trama repleta de preconceitos, mesmo entre pessoas tidas como bondosas, Twain faz uma radiografia da sociedade daquele tempo e lugar.
A crueldade, a desonestidade, a falsidade, aparecem claramente. Há até dois personagens ostensivamente criminosos, vigaristas: um que se intitula rei, outro que se intitula duque. Eles se aproveitam da jangada de Huck e a usam como base de operações, parando em diversos lugares para enganar o povo com vigarices diversas chegando a tentar se apossar de toda uma herança.
Tom Sawyer, que aparece no início, reaparece na parte final e domina com seu temperamento mais desenvolto que Huck. Muitos incidentes que então acontecem são hilariantes. Deixando algumas pontas soltas (como o destino final do rei e do duque, aparentemente linchados) a história se encaminha para um surpreendente final feliz. Afinal, o romance é cômico apesar de algumas desgraças.
A assinalar a riqueza de detalhes, a elegância de estilo e as muitas coisas que vão sendo aprendidas sobre a vida naquele tempo e naquela região.

Rio de Janeiro, 27 de abril de 2018.

 
Miguel Carqueija
Enviado por Miguel Carqueija em 11/06/2018
Código do texto: T6361501
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Miguel Carqueija
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 70 anos
2328 textos (114732 leituras)
46 e-livros (4343 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/08/18 20:48)
Miguel Carqueija