Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

GEMIDOS


Tanta falta me faz este teu amor,

que de saudade quase não respiro.
No alvorecer é sempre meu esplendor,
na madrugada quando te preciso.
 
Teus rastros na cama fria eu persigo...
Dia e noite sinto na pele teu calor,
sinto ânsias na noite já sem cor,
que de saudade quase não respiro.
 
O tempo é cúmplice a nosso favor,
reflete os ais do meu suspiro.
O que me vai n’alma causa dor,
meu corpo jaz inerte e tão ferido.
Tanta falta me faz este teu amor.

   

Presente da querida Mestra dos Rondeis. Obrigada Helena, por seu talento.

RENASCIMENTO
              
                           (Rondel)

Do meu peito escapa, insone, um gemido
de saudade que machuca e faz sofrer.
Eco triste de um coração ferido
pela flecha de Cupido, a padecer.

Porém nunca eu hei de arrepender
porque ainda és meu amor, és meu querido.
Do meu peito escapa, insone, um gemido
de saudade que machuca e faz sofrer.

Eu bendigo esse amor, belo, garrido,
que ilumina a minha vida, o meu viver,
que é puro, verdadeiro, não fingido,
que espero, depressa, há de florescer.
Do meu peito escapa, insone, um gemido...

                             HLuna


   

Os belos versos do poeta Edson dos Santos. Obrigada,amigo.

Deixastes-me sozinho...À noite eu procuro por ti...
Onde tu estás...
Destes-me a solidão... Feristes meu peito...
Levastes teu amor...
Manda-me uma carta... Diga-me com urgência...
Se ainda voltarás...

                                             Edson dos Santos


        

Lindos versos do amigo Fernando Alberto Couto. Grata sempre,Nando.


Teu calor não sinto mais.
O silêncio apaga a chama
que me acendiam teus ais.
Minh'alma já não se inflama.

Dos prazeres por nós vividos,
só ficaram como recordação,
alguns sufocados gemidos,
daquela má sucedida paixão.

                     Fernando Alberto Couto


       

Elen Nunes
Enviado por Elen Nunes em 10/09/2010
Reeditado em 12/09/2010
Código do texto: T2490520

Copyright © 2010. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre a autora
Elen Nunes
Niterói - Rio de Janeiro - Brasil, 71 anos
511 textos (34445 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 13/12/19 11:12)
Elen Nunes