Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

LIBERTAÇÃO

*Fanny*

Sente a brisa murmurante que te dá alento...
Escuta a voz das estrelas num cântico ameno...
Varre as mágoas ... espalha-as no vento
dissipando as névoas num verso sereno!

Se a mágoa te perseguir, deixa cair a agonia
numa lágrima silente... cintilação sublime
que irriga a solidão, florescendo a calmaria
no jardim extenuado que o verso redime.

Entorna pétalas dos teus poemas no teu ser...
Perfuma a alma de aromas puros... sorridentes...
Respira o segredo dos zéfiros no alvorecer...

E quando escutares a melodia que te rodeia,
entenderás a ternura de uma voz confidente...
Sentirás o esplendor da poesia que te clareia.
Fanny Estrela
Enviado por Fanny Estrela em 02/07/2008
Código do texto: T1061520

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Fanny Estrela
Portugal
230 textos (7577 leituras)
1 e-livros (100 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/06/19 12:53)
Fanny Estrela