Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Quando escrevo em teu louvor

Faço poemas, faço loas, canto,
escrevo verso livre, redondilha,
alexandrino, canto a maravilha
e a beleza, eu louvo o teu encanto,

a tua voz suave e sedutora,
o corpo sensual, e louvo mais:
louvo a perene sensação de paz
que tu transmites, forte, duradoura.

E, quando escrevo verso em teu louvor,
cantando a maravilha de sentir
tua presença a mitigar meu pranto,

eu solto a voz no mais puro tenor,
esqueço as amarguras do existir,
eu grito alto todo teu encanto.
Paulo Camelo
Enviado por Paulo Camelo em 11/04/2005
Código do texto: T10845
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Livros à venda

Sobre o autor
Paulo Camelo
Recife - Pernambuco - Brasil, 72 anos
936 textos (290706 leituras)
36 áudios (11178 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/08/20 16:18)
Paulo Camelo

Site do Escritor