Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MÃE, MEU ANJO...

*Fanny*

Mãe… Anjo… Bênção de Deus, oferenda divinal
que me fez nascer no Jardim Sagrado do teu Ser,
qual flor frágil, crescendo no teu amparo celestial…
Hoje sou FLOR perfumada num terno resplandecer.

Mãe… tu és o Sol, quando o dia se veste de escuridão…
És a Estrela Cintilante nas minhas noites escurecidas…
És Fonte Infinita de Ternura que inunda o meu coração
de afagos e beijos… Fragrâncias dos Céus… Benditas!

Mãe… agradeço-te os conselhos, as repreensões…
Desculpa as noites mal dormidas, as inquietações…
Sem o teu abrigo, hoje eu seria uma flor enfraquecida.

Pudesse eu dar-te o Sol, as Estrelas que me deste…
Pudesse eu dar-te agora a saúde que tanto te carece…
Encher o teu coração meigo de brisas sorridentes de vida.

Fanny Estrela
Enviado por Fanny Estrela em 03/08/2008
Código do texto: T1111269

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Fanny Estrela
Portugal
230 textos (7577 leituras)
1 e-livros (100 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 25/06/19 06:39)
Fanny Estrela