Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SILÊNCIO DA VOZ

*Fanny*

Desponta a lua nas brumas do meu olhar…
veste-me o sonho, memórias a sorrir
num prateado brilhante, meigo sentir
que dissipa as nuvens do meu idolatrar.

Noites e noites de clausura evocam cânticos
de infinito, orações perdidas no Universo…
orvalho de estrelas espargido em versos…
luares de saudade num sorriso que deifico.

Percorre-me o teu beijo no sabor da mente
doce amargura que coabita no meu peito…
Ausência que carrego em mim… inconsciente!

Jaz o silêncio da tua voz nos campos largados
das minhas quimeras, vazio remanescente
que rega o coração de lamentos desprezados.
Fanny Estrela
Enviado por Fanny Estrela em 02/09/2008
Código do texto: T1158027

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Fanny Estrela
Portugal
230 textos (7577 leituras)
1 e-livros (100 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/06/19 06:00)
Fanny Estrela