Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Deixa eu seguir...

Decidi e não tente me impedir vou em silêncio
 Não me olhes assim, como quem me condenas
Deixe-me parti com tudo aquilo que nunca houve
E se nada aconteceu, como posso querer-te?

Dominasse meus sonhos, povoastes minha alma amargurada
Levaste contigo o resto de tudo que pra ti era quase nada
Não te culpo afinal o tempo não permitiu amar-te
E que saudade tenho de teus braços que desconheço

E quantos beijos em artes, são bocas pintadas que nunca se tocam
Por quê? Porque não denunciastes este amor proibido
E porque nos permitimos viver, se conhecemos a dor de não poder

Mas agora resolvi, não hei mas de amar o que não conheço
Não mas me embriagarei na luz dos olhos que nunca vi
Morrerei lúcido, mas imaginando o calor de teus abraços...
Edson Junior
Enviado por Edson Junior em 01/10/2008
Reeditado em 01/10/2008
Código do texto: T1205680
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre o autor
Edson Junior
Recife - Pernambuco - Brasil
239 textos (7274 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 14/05/21 15:50)
Edson Junior