Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Restou-nos a amizade...

Não me acostumei com tua ausência inesperada
Caminho a pequenos passos por ruas vazia de nos
Como que diluindo a saudade que ainda insiste em ficar
Ao meu lado apenas uma sombra breve do que já fomos

Sento-me em um banco esquecido da praça ainda viva
E sobreponho meus desejos em ultimo cigarros que se apaga
Pensando no recomeço de meus dias, após o café matinal
Hoje estar claro que valeu a pena, mas acabou...

Tentei ficar um pouco, mas a pressa da vida não deixa
E torto, mas vivo, volto a caminhar sozinho, ainda triste
E sofro, tudo recomeço e fardo mas recompensador no fim

Sábio aquele que tirar sempre uma lição da mão amiga
Que apesar de terem caído as telhas restou-nos á amizade
E é por isso que nunca vou deixar de amar-te. obrigado
Edson Junior
Enviado por Edson Junior em 16/10/2008
Código do texto: T1231597
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Edson Junior
Recife - Pernambuco - Brasil
234 textos (7086 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/11/19 18:29)
Edson Junior