Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Chuva de Verão
 

Eu sou apenas chuva passageira,
a fina e leve chuva de verão,
que cai do céu, dengosa, sorrateira
e calma e morna, vai molhando o chão;

sou fraca, terna, cálida e faceira,
à toa caio fora da estação,
orvalho a rosa linda na roseira,
de gota em gota encharco o coração;
 
assim eu sou, serena, comedida,
parto ligeiro, firme e decidida,
mas deixo a minha marca sempre impressa;
 
assim eu sou, somente uma promessa,
que vai e vem, e passa bem depressa,
deixando paz e luz na despedida.

Edir Pina de Barros (Flor do Cerrado)
Enviado por Edir Pina de Barros (Flor do Cerrado) em 23/05/2009
Reeditado em 11/01/2013
Código do texto: T1611002
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2009. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Livros à venda

Sobre a autora
Edir Pina de Barros (Flor do Cerrado)
Brasília - Distrito Federal - Brasil
2154 textos (132060 leituras)
26 áudios (3263 audições)
86 e-livros (31233 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 30/09/20 07:47)
Edir Pina de Barros (Flor do Cerrado)

Site do Escritor