Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

OLHOS COR DE MEL

Nada mais restou para mim aqui neste virtual,
Cobriu-se de sombras e tristezas este meu viver,
Tudo que sobrou para o meu coração é fenecer.
Num mar de mágoas viverei minha vida tão mal.

Passou-se tanto tempo daquele contato inicial,
Juntos vivemos momentos felizes, e sem temer,
Nada, construímos um sonho para nosso querer,
E agora desmorona-se inteiro, de forma irreal.

Este derradeiro adeus que nos separa é tão cruel,
Que chega fazer-me pensar que essa vida terminou,
E que jamais eu beijarei teus olhos da cor do mel.

Minh’ alma vagará errante apenas com o que restou.
Nos umbrais da noite serei um fantasma de cordel,
Cantado pelos menestréis por meu sonho que findou.

Marco Orsi


Marco Antonio Orsi
Enviado por Marco Antonio Orsi em 24/05/2009
Reeditado em 24/05/2009
Código do texto: T1611620


Comentários

Sobre o autor
Marco Antonio Orsi
Campo Bom - Rio Grande do Sul - Brasil
1688 textos (73269 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/09/20 23:31)
Marco Antonio Orsi