Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

FLORESCER...*



Acompanhei as mudanças do espírito no tempo,
Manifestações silenciosas no mistério da vida...
Ouvi segredos alegres das manhãs, embevecida...
Ouvi segredos, e na estática do meio dia, reinvento...

Me entreguei aos devaneios do meu pensamento
Ouvi os segredos das tardes tristes... Combalida.
Gozei toda a felicidade que foi, por mim, concedida...
Ações puras a transbordar a vitalidade do sentimento.

Dei lugar as alegrias do retorno de cada primavera,
E floresci, e fiz filhos no mistério do meu prazer,
E desvendei mistérios, todos os mistérios são iguais...

Terminam da mesma forma, fios tecidos na espera,
Calma e contemplativa da eternidade do mar, a ser
Sem se cansar de fazer a mesma coisa, ir e voltar...



Ibernise.
Indiara (Goiás\Brasil), 25 de junho de 2009.
Núcleo Temático Filosófico.
Direitos autorais reservados/Lei n. 9.610 de 19.02.1998.












Ibernise
Enviado por Ibernise em 25/06/2009
Reeditado em 25/06/2009
Código do texto: T1666799
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2009. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Livros à venda

Sobre o autor
Ibernise
Goiânia - Goiás - Brasil, 70 anos
1381 textos (274533 leituras)
7 áudios (1175 audições)
11 e-livros (32132 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 28/09/20 15:41)
Ibernise

Site do Escritor