Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

FEITO MIDAS

Se agora sangram tanto ao recordar,
a beleza das tardes repartidas
nas telas que pintei num só esperar,
mais sulcadas ficam minhas feridas.

E eu nem sei como pude acreditar
na placidez assim... Sem despedidas.
Ah, que insana eu fui por assim tentar
transformar tudo em ouro, feito Midas.

Em forte e respeitável aliança,
sonhando unir ao meu, teu lindo nome
fui erguendo mil castelos de esperança!

Mas, o ouro um dia também, derrete e some...
E o que sobeja agora na lembrança,
o mais triste, é que o rei morreu de fome.
Tânia Regina Voigt
Enviado por Tânia Regina Voigt em 16/10/2009
Reeditado em 16/01/2015
Código do texto: T1869915
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2009. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre a autora
Tânia Regina Voigt
Pelotas - Rio Grande do Sul - Brasil
1026 textos (50711 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/05/21 22:49)
Tânia Regina Voigt