Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Meu erro

Sem ter o que pedir, peço perdão,
peço desculpas, outra vez insisto,
imploro uma vez mais, mesmo que nisto
eu tenha que empenhar meu coração.

Peço perdão pelo teu desaponto
e pela enorme injúria que causei.
Peço desculpas outra vez, pois sei
que é grande o nosso amor. Bem sabes quanto!

Insisto em meu pedido. Eu não pensei
causar constrangimento ou dissabor.
Foi de rompante esse meu erro, e aqui

me prostro a suplicar, pois eu bem sei
que pus em risco o nosso eterno amor
na falta que, inocente, cometi.
Paulo Camelo
Enviado por Paulo Camelo em 22/05/2005
Código do texto: T18998
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Livros à venda

Sobre o autor
Paulo Camelo
Recife - Pernambuco - Brasil, 72 anos
936 textos (291541 leituras)
36 áudios (11202 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 31/10/20 01:49)
Paulo Camelo

Site do Escritor