Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O MEU SIMPLES VERSO

Eu faço das palavras: simples verso
Do mais íntimo poema e coração.
Não! Não queira leitor viver meu emerso
Escombro ou claro céu sem emoção.

Se ler com a razão será perverso
O que do poema advém que, em comoção,
Só em comoção e luz, faz nu: reverso
Deste existir imerso na paixão.

Amor, Dor e Poesia me acompanham
Neste intranqüilo mar desta existência;
Deles meu existir e agir se banham.

Se cá em mim navega esta Trindade,
A desnudar meu ser: na íntima essência,
É por só dar à Vida: Santidade!
(Alexandre Tambelli, São Paulo, 24 de abril de 2005 - 12:02h)
Alexandre Tambelli
Enviado por Alexandre Tambelli em 28/07/2006
Reeditado em 20/10/2011
Código do texto: T204160
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre o autor
Alexandre Tambelli
São Paulo - São Paulo - Brasil, 52 anos
674 textos (145212 leituras)
8 áudios (3207 audições)
1 e-livros (410 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/03/21 02:51)
Alexandre Tambelli