Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Não chores minha morte

Não chores, minha amada, se eu morrer
mas lembra-te de mim com grande amor
pois eu morro cumprindo meu dever,
defendendo a Pátria com ardor.

Não chores, minha amada, se eu morrer
mas lembra-te que quando eu vivia
amávamo-nos tanto sem saber
que o destino nos separaria.

Guarda na lembrança o meu nome,
este ser que sempre te amou
e em ti amor só encontrou

mas não vivas de lembranças tua vida;
por outro tu serás querida.
Não chores minha morte, meu amor.

26/05/1967
Paulo Camelo
Enviado por Paulo Camelo em 11/06/2005
Código do texto: T23940
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Livros à venda

Sobre o autor
Paulo Camelo
Recife - Pernambuco - Brasil, 73 anos
939 textos (293713 leituras)
36 áudios (11333 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/06/21 23:44)
Paulo Camelo

Site do Escritor