Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Oitava estação - E consola as mulheres

Uma marca de dor no olhar cansado
era o mais que ele então transparecia.
O seu choro era interno e ninguém via
ou notava o seu verdadeiro estado.

Era o próprio homem-Deus que ali estava
a levar às mulheres da cidade
o consolo sereno em seu olhar
de um controle supremo e força brava.

Não havia uma lágrima em seu rosto
ao deitar nas mulheres seu olhar
de consolo e de amor, pleno de luz.

Retornou seu martírio então imposto,
em difícil subida, devagar,
a pesar, sobre o ombro, enorme cruz.
Paulo Camelo
Enviado por Paulo Camelo em 18/06/2005
Código do texto: T25782
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Livros à venda

Sobre o autor
Paulo Camelo
Recife - Pernambuco - Brasil, 72 anos
936 textos (291486 leituras)
36 áudios (11201 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 26/10/20 10:44)
Paulo Camelo

Site do Escritor