TRANSFERÊNCIA - À minha mãe, in memoriam

Minha mãe ensinou-me a viver, a vencer os preconceitos e até superar dificuldades físicas. Ensinou-me violão, canto, poesia, fez-me amar a leitura, e acabei por ser um escritor, e um músico, pelo seu carinho, e pelo amor que dedicava a tudo quanto se dispunha fazer. Sua perda foi terrível. Parte de mim se foi naquele pós Carnaval de 1967, em Salvador. Até hoje choro a sua ausência...

Lembro do sorriso dela

refletindo a boa-vinda

debruçada na janela.

Como parecia linda...

Lembro da hora da ceia.

Mesa posta, tudo certo.

Tantos pratos, casa cheia

e seu sorriso tão perto.

Mas eis que a realidade

que é mais dura que a verdade,

em um trágico momento

tirou-lhe o sorriso e a vida,

indo assim minha mãe querida

transformar-se em pensamento...

Ricardo De Benedictis
Enviado por Ricardo De Benedictis em 19/06/2005
Reeditado em 24/09/2006
Código do texto: T25848
Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.