Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Sentimental

Sou inseguro, sou sentimental,
poço de angústia, inquietude e dor;
persisto na incerteza deste amor
que só me causa dor, que nem punhal

dilacerando a carne, e que consome
as horas de uma noite mal dormida
em busca de uma paz tão perseguida;
eu vivo na incerteza do teu nome.

Esta incerteza me domina a mente:
eu busco no teu corpo escultural
razão pra alimentar o amor que sinto,

amor perverso, que se faz presente
em meu viver. E eu sou sentimental,
não quero me apegar a puro instinto.
Paulo Camelo
Enviado por Paulo Camelo em 21/06/2005
Reeditado em 21/06/2005
Código do texto: T26673
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Livros à venda

Sobre o autor
Paulo Camelo
Recife - Pernambuco - Brasil, 72 anos
936 textos (290280 leituras)
36 áudios (11169 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/07/20 14:01)
Paulo Camelo

Site do Escritor